Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Wanderlino Arruda
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 75004
De: Norberto F. Prates Data: Ter 2/4/2013 16:30:20
Cidade: Montes Claros  País: BRASIL
Mensagem - O IEF está pisando na bola com os grão-mogolenses. Viajamos 572 quilômetros de B.H. até a terra da minha família para passar o feriado dos dias santos e conhecer o Presépio Mão de Deus.Mas, além disso, ir até a Serra da Bocânia, andar pela trilha do Barão, ir à gruta do quebra côco, resumindo relembrar nosso tempo de criança (...)
Realmente. Aqui em Montes Claros, até a reforma da igrejinha de São Marcos, no alto da serra do Sapucaia, que foi notícia nesse sítio dezenas de vezes, que estava sendo feito pelo trail clube e demais trilheiros, jipeiros, ciclistas, gaioleiros, teve que ser interrompida. Resultado. A mesma hoje está ABANDONADA. E vejam a distância que ela está da sede do parque. Deveras lamentável.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 75003
De: Arthur Duarte Pinto Neto Data: Ter 2/4/2013 13:03:54
Cidade: Salvador
E-mail: arthurdpn@bol.com.br
A mensagem do Ucho Ribeiro na qual descreve a rua Dr. Santos fez bater mais forte o meu coração, pois quase toda a minha infância e pré-adolescência foi vivida ali, trabalhando e atrapalhando Ruy Pinto na sapataria Andréa calçados. Percorria toda a rua, conhecia todos, ou quase todos os comerciantes. Lembrei-me de boa parte dos lugares e pessoas citadas, principalmente nos arredores da sapataria. Brincava na loja do João Batista Macedo, JB Lançamentos, que era muito amigo de meu pa, assim como na loja do Valdir Macedo, ficava por ali brincando nos novos brinquedos, depois ia para a loja do joaquim, loja de discos, depois Nadson Fotografias. Ruy Pinto antes de montar a sapataria Andréa Calçados, era vendedor da sapataria do Zumba, Loja Ely. Obrigado Ucho pela maravilhosa descrição e alegria do meu dia, estou emocionado com tantas lembranças!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 75002
De: Reinaldo Sandes Data: Ter 2/4/2013 12:32:01
Cidade: Montes Claros/MG
E-mail: reinaldo.sandes@yahoo.com.br
Mensagem: O IEF está pisando na bola com os grão-mogolenses. Viajamos 572 quilômetros de B.H. até a terra da minha família para passar o feriado dos dias santos e conhecer o Presépio Mão de Deus.Mas, além disso, ir até a Serra da Bocânia, andar pela trilha do Barão, ir à gruta do quebra côco, resumindo relembrar nosso tempo de criança (...)
Leila está com a inteira razão. A criação dos parques, tanto em Grão Mogol quanto em Montes Claros, tirou do povo um patrimonio que era dele e o transferiu para um grupo de privilegiados. Por favor, IBAMA, devolva ao povo o que, de direito, sempre lhe pertenceu.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 75001
De: Claudio Macedo Data: Ter 2/4/2013 12:13:21
Cidade: Montes Claros/MG
Prezado Ucho, Considero você como um Hermes de Paula moderno, que nos traz a memoria de Montes Claros, mais moderna, gosto demais das suas escritas muito rica em detalhes, emocionantes para me que sou desta época, agradeço de coração a lembrança da loja do meu pai Waldir Macedo, era exatamente como você descreve, fiquei com muitas saudades daqueles nossos tempos, (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 75000
De: Yvonne Spyer Brant Maia Data: Ter 2/4/2013 11:57:26
Cidade: Montes Claros (MG)
E-mail: yvonnespyer@yahoo.com.br
UCHO, você emocionou, com certeza, grande parte dos moradores desta querida Montes Claros com mais de 60 anos, dentre os quais me incluo. Agradeço-lhe a boa lembrança que trouxe do meu marido "o saudoso Afonso Brant Maia". Lembro-me bem do escritório dele e de Arnaldo, ao lado da casa do Sr. Levindo Dias, pois foi quando o conheci, em 1976. Bons tempos! Continue nos brindando com essas recordações felizes, pois elas fazem muito bem ao coração.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74999
De: Leila Cristina L. X. Data: Ter 2/4/2013 09:32:21
Cidade: Belo Horizonte-Mg
O IEF está pisando na bola com os grão-mogolenses. Viajamos 572 quilômetros de B.H. até a terra da minha família para passar o feriado dos dias santos e conhecer o Presépio Mão de Deus.Mas, além disso, ir até a Serra da Bocânia, andar pela trilha do Barão, ir à gruta do quebra côco, resumindo relembrar nosso tempo de criança. Mas, veio a decepção. Nossa Serra tinha sido transformada em um Parque Estadual do IEF e para ir até lá tinha que pedir uma gerente de nome (...) , por ironia, minha xará. E quem consegue encontrar a tal gerente? Ficamos os quatro dias sem ir à Serra.Disseram-me que hoje o privilégio de observar e curtir a Serra da Bocânia é somente dos empregados do IEF. Então para quer transformar em Parque e proibir a entrada dos grão-mogolenses, se a serra é nossa.Fiquei sabendo também, que o mesmo acontece em Montes Claros com o Parque da Lapa Grande, só os funcionários da Copasa e do IEF podem entrar no parque, enrolam com o infeliz “plano de manejo” para proibir a entrada do povo. Aí! O tempo vai passando, passando e somente eles (IEF e Copasa) podem passear no local.Se for para continuar assim é melhor acabar com os Parques e devolver os antigos donos para possamos passear e curtir as belezas naturais, era assim e tudo era conservado. Ninguém destruía nada. Hoje todo ano pega fogo.Chega gente! Desapropriar a terra nossa e somente alguns têm privilégios para entrar. Chega!!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74998
De: Franciely Nunes Data: Ter 2/4/2013 09:07:39
Cidade: Monte Azul  País: Brasil
E-mail: frannunes_@gmail.com.br
quanto esta situação que acontece em espinosa, o mesmo acontece em mpnte azul e regiao, pois a agua é pouca, ai pra baixo ta chovendo mas por aqui nao, é uma chuva que chove num morro e noutro nada, a chuva nao da pra juntar, o sol vem castigando e agente nao tem agua, na cidade mesmo as torneiras faltam agua sempre, gostaria mesmo de pedir o apoio pra que estes caminhoes nao parem semana nenhuma, ou que viriem enviando os caminhoes da defesa civil que entregou aqui ate dezembro, a agua que o exercito entrega é 20 litros por pessoa , é muito pouco, que amenta esta quantidade com urgencia mesmo, se agora estamos assim imagina no mes de julho?´precizamos de providencias urgente,as pessoas idosas doentes nao podem fazer nada, senao morrer a mingua, por aqui a unica coisa que o povo fala é em ir embora pra sao paulo mendigar, aqui sem agua nao dá pra soreviver, quanto a comiga nós lutamos mas agua nao sobrevive. entre em contato com o exercito e defesa civil pois nos aqui nao conseguimos falar la, hje vim na cidade deixar este meu desabafo, obrigado
franciely
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 74997
De: Aldo Pereira filho Data: Ter 2/4/2013 07:55:43
Cidade: Espinosa  País: brasil
E-mail: aldofilho@yahoo.com.br
Bom dia,sou morador de espinosa e meus pais moram na zona rural, tô aqui para pedir as autoridades que nao deixem de olhar por agente aqui, este fim de semana estive na casa dos meus pais e nao tinha nada de agua pra fazer comida nem sequer um cafe, os caminhoes pipa que entregam agua por la só entregaram até a sexta feira e segundo o motorista do exercito que entrega agua por la, que esta semana eles tem que prestar conta em montes claros pro exercito e so voltam na outra semana, gostaria que o exercito tomassse uma providencia pois eles nao podem ficar uma semana esperando o caminhao voltar, senaum morrem de sede, lá na roça ta uma seca braba, nao choveu, as chuvas por estas regioes aqui é chove em um lugar e outro nada, é muito sol quente, muita seca e tristeza, ah...quando aqueles caminhoes da defesa civil entregava agua ajudadva muito pois a agua entregue pelo exercito é pouca prá tanta seca, socorrem meus pais, meus tios, avos e primos que nao tem como sair de lá, socorrem.obrigado
Aldo
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74996
De: Helder Veloso Data: Ter 2/4/2013 07:44:06
Cidade: Montes Claros-MG  País: Brasil
E-mail: helderveloso2008@hotmail.com
Neste momento verdadeiro caos no transito na Rua Camilo Prates, cuja fila kilométrica se estende até à Rua João Souto.Ânimos dos motoristas exaltados.
Caminhão betoneira que entregaria concreto numa obra quase esquina com D. Pedro II apresentou problema enquanto atravessado na via, sem espaço algum para o tráfego e de difícil remoção.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74995
De: Felisberto Data: Seg 1/4/2013 23:05:02
Cidade: Goiania-GO
prezado ucho,sua mensagem sobre parte da rua dr. santos, emocionou-me sobremaneira. foi como se eu estivesse lá, vendo todas estas pessoas que voce citou. salvo engano, em cima casa casa eli, onde funcionava o foto facella,existia também o escritório de contabilidade do necésio de morais, com o qual trabalhou,por muitos anos, o meu irmão fidélis.sobe mais, ucho, sobe mais a rua dr. santos,para nos brindar com mais historias e personagens, inclusive um muito especial mário ribeiro.são tantos, luiz de paula, joão valle mauricio, mário viana, manoel meira, juca de chichico.....estou afastado de moc há muitos anos, mas esse cidade nunca se afastou nem se afastará de mim.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74994
De: Estado de Minas Data: Seg 1/4/2013 09:24:01
Cidade: Belo Horizonte/MG
Dívidas sufocam prefeituras de Minas - Passados três meses de mandato, prefeitos dos maiores municípios do interior de Minas se viram como podem para tentar pôr a casa em ordem diante de tantos débitos herdados do antecessor - Marcelo da Fonseca, Luiz Ribeiro e Isabella souto - (...) As dívidas também perturbaram o sono do prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), nesses primeiros três meses. O município deve R$ 93 milhões (a curto prazo) e R$ 290 milhões (a longo prazo). Para fazer frente aos problemas financeiros, o prefeito se viu obrigado a adotar uma série de medidas, algumas delas nada populares. “Quando assumimos, a prefeitura estava endividada e inchada, com excesso de funcionários, que se encontravam desmotivados”, afirma Muniz. Uma das principais decisões tomadas ao assumir foi a redução da folha de pagamento. “A prefeitura estava com quase 12 mil funcionários. Com os cortes que fizemos, agora está com 7.350 servidores. Conseguimos reduzir a folha, de R$ 18 milhões para R$ 10,5 milhões”. Foram dispensados funcionários contratados na gestão anterior, do ex-prefeito Luiz Tadeu Leite (PMDB), sendo que a grande maioria deles indicada por vereadores e partidos situacionistas. Ruy Muniz admite que enfrenta as pressões dos aliados para empregar os apaniguados deles na prefeitura, mas garante que tem resistido aos pedidos. “Tenho procurado construir uma relação de harmonia com os vereadores, mas mostrando para eles que não tem mais o jogo da barganha, do toma lá dá cá e cotas de empregos na prefeitura”, afirma Muniz.(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74993
De: PAULO ANDRE Data: Seg 1/4/2013 13:16:19
Cidade: moc
E-mail: extraandre@hotmail.com
tenho um supermercado na vila sion e venho sofrendo muitos prejuisos com a falta costante de energia hj mesmo a energia so foi reestabelecida as 12hs35 a cemig nada faz para resolver e esclarecer os motivos de tantos apagones ja nao aguentamos mais.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74992
De: Cemig Data: Seg 1/4/2013 14:10:56
Cidade: Montes Claros/MG
(...) A Cemig informa que já restabeleceu integralmente o fornecimento de energia que foi interrompido em parte do Centro de Montes Claros, em função de um defeito proveniente da rede subterrânea de distribuição de energia. Para solucionar o problema, diversas manobras foram realizadas na manhã desta segunda-feira (1/4), que pode ter provocado piques de energia para alguns consumidores.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74991
De: Alberto Sena Data: Seg 1/4/2013 15:40:54
Cidade: Belo Horizonte/MG
Incertezas da existência humana - Alberto Sena Existimos, logo estamos vivos. Essa é a única certeza que temos. Sonhos, temos, pois nenhum humano sobrevive sem sonhar. Planos também. Mas ninguém pode ter certeza de que verá a luz do sol amanhã de manhã, por mais sábio, bonito, feio, rico ou pobre possa ser.(Clique aqui para ler todo o comentário na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74989
De: Carlos Data: Seg 1/4/2013 12:17:15
Cidade: M. Claros
A área urbana de M. Claros, parte dela que sofreu o apagão de hoje cedo, voltou à normalidade por volta do meio-dia. A zona rural, região do Pentaurea, continua sem energia elétrica.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 74988
De: Ucho Ribeiro Data: Seg 1/4/2013 11:51:44
Cidade: Montes Claros

Minha Dr. Santos

2ª parte - Da D. Pedro II a Padre Augusto

O miolo do mundo era a Dr. Santos. A cidade acontecia naqueles poucos quarteirões que ligavam as praças Coronel Ribeiro a Dr. Carlos. Tudo: negócios, empréstimos, fuxicos, catiras, elogios e desacatos, sucedia e arrematava naquele corredor de lojas, casas, consultórios, bares, pensões, botecos e mercado. Havia até dois jornais que pulavam miúdo para registrar todo o burburinho que efervescia naquela veia urbana e em suas adjacências.
Os passeios sempre foram estreitos para o trança-trança. Como existia pouco movimento de carros, as pessoas utilizavam também a rua pavimentada com paralelepípedos para transitar num tumultuado e calmo ir e vir.
Era o umbigo do mundo. De lá, escapando por ruas e becos podia-se encontrar estradas que se esticavam até as distantes Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador.
A esquina da D. Pedro II era das mais badaladas. Um fervedouro. Lembro-me das algazarras nas matinês de domingo no Cine Fátima. Ficávamos na fila do ingresso ou transitando, espiando, assuntando. Quando parados, escorávamos um pé nas paredes que ladeavam os passeios, fingindo ser gente grande, maço de minister no bolso, à espera da paquera, da sorte de um flerte relâmpago com a menina dos nossos sonhos. A rapaziada mais nova, de olho na portaria do cinema, trocava revistinhas e gibis, à espreita de um vacilo do comissário. O mais ferrenho era o Gaguinho. Inflexível, barrava sem dó a medrosa molecada, amontoada, a cuspir, a se contorcer, despistando e tomando coragem para enfrentar aqueles três degraus intransponíveis à sala escura. Lá dentro, o útero seguro de diversão garantida – aventuras, romances e sonhos. Eram imagens e sons que nos deliciavam e nos transportavam para além do nosso arraial.
Recordo de Marão, radiante, ao conferir o gordo borderô e falando para o nosso tio e contador Otávio Silveira: “Titavo, Titavo, cinema é o melhor negócio do mundo! A gente vende sombra, fantasias, à vista. À vistinha! Dinheiro na frente. E as pessoas saem do cinema, felizes da vida, prenhes de emoções. Só levam sentimentos e imagens na memória. Se não gostarem da fita, falam mal do diretor e dos atores. Não têm a quem reclamar.”
Abaixo da Sorveteria e Lanchonete “A Cubana”, descendo a Dr. Santos, no mesmo passeio esquerdo, se apresentava a JB Lançamentos, onde João Batista - Lelas - todo arrumadinho, de passos curtos, lançava moda. Calça boca de sino, cinto com medalhão na altura do umbigo, camisa de manga dobrada, sapato com bico quadrado e sola alta. Na capa. Os preços da roupa, o olho da cara. Proibitivos. Os pais, munhecas, só soltavam o dinheiro do cinema para os filhos.
Entre os passantes e circulantes desocupados deparávamos com personagens diversos, como Manoel Quatrocentos. Este não era doido nem tolo, ele que nos fazia de bobo com as suas ferradas. Pequeno, pernas curtas, ombro largo, carregava um inseparável machado. Fazia alguns serviços de lenhador nos quintais das casas. Usava sempre calça e camisa de mangas compridas, coloridas, sempre limpas. Se déssemos assunto, bravatava com desdém que conheceu e se enamorou nas antigas com Sophia Loren, Brigitte Bardot e Grace Kelly. Era lento no andar, mas ligeiro no falar e infalível no bote. Certa vez, junto com outros curiosos, estava eu debaixo da marquise das Lojas Macedo, a assistir a fixação de uma placa de propaganda, quando chegou manso e sorridente o Mané Quatrocentos. De repente, esquivou-se dando um pulo para trás como se a placa estivesse caindo. Ao darmos também um salto de banda, acompanhando o seu reflexo, disparou o seu famoso e certeiro “olalaica!”. Fomos fisgados mais uma vez.
A loja de Waldir Macedo(1) era a Ricardo Eletro daqueles tempos, comercializava de tudo, bicicletas, radiolas, discos, ferros de passar, o escambau a quatro. Interessante é que a venda era feita sem pressa, educada e respeitosamente, um negócio de compadres. Não se usava cheques, nem cartões de crédito, tudo era anotado no caderninho do fiado.
Em seguida, havia a Casa Eli, sapataria espelhada, moderna, do elegante e há muito pernambucano Zumba, casado com Nívea. A loja era gerenciada pelo educado e zeloso Brivaldo, que conhecia pelo nome todos os clientes, os seus gostos e preferências. No final de uma longa escada, o apartamento onde moravam as meninas ditas como as mais bonitas de Montes Claros: Rita, Eliana e Janice(2).
Coladinho no prédio da sapataria era a residência de Levindo Dias e Nenzinha(3), que foi comprada de Antônio de Oliveira Fraga. Na minha lembrança, salvo engano, a casa tinha um muro baixo, com elementos vazados, como uns vazinhos furados, que protegiam um pequeno jardim com grama e algumas roseiras. Junto havia o escritório de advocacia de Arnaldo Benício Dias Ataíde e do saudoso Afonso Brant Maia. Pelas memórias enevoadas, por ali também havia uma casa amarela de Davis. Nos dois cômodos da frente estava o seu escritório de contabilidade e nos demais, ao fundo, as dependências da sua casa. Talvez, em tempos distintos, este lugar tenha sido também o mesmo local de trabalho dos conceituados advogados.
Tenho também recordações que registram o consultório dentário do Dr. Sebastião Moreira, casado com a paisagista Josefina Mendonça(4).
Marcante era o equipado Foto Pinto, de José Figueiredo Pinto(5), especialista nos álbuns de casamento e de família. Um verdadeiro estúdio. Exímio maquiador fotográfico, com as mãos e seus lápis afiadíssimos corrigia as feiúras do povo. Era o photoshop da época. Onde andará o valioso arquivo de fotografias e negativos do Seu Pinto, registro da nossa longínqua Montes Claros que apaga a cada dia das nossas memórias? Talvez, o ex-combatente Izar, que comprou o Foto Pinto e o manteve no mesmo lugar por algum tempo tenha este arquivo. O pessoal do Instituto Histórico de Montes Claros deveria fazer uma pesquisa para localizar essas fotos. Outro fotografo das antigas, bom de foco e detentor de um belo e copioso arquivo é o José Gonçalves de Oliveira, o famoso Zé Cabecete. Ele teve loja na rua Simeão Ribeiro e por muito tempo na rua Dom Pedro II, em frente ao Hotel Monterey. Pesquisadores de plantão, Seu José é pai da bela Luzia Magna e de Fabio Marçal, fotógrafo oficial da prefeitura. Portanto, saiam em busca deles e de suas relíquias fotográficas. Tampouco se esqueçam de pesquisar os arquivos do Foto Facela, que alguns dizem ter funcionado por algum tempo no prédio de Zumba na Dr. Santos.
Acima do Foto Pinto, no segundo andar do prédio, era o NAE – Núcleo de Assistência Empresarial, que tinha como diretor Fábio Borém Pimenta. Luiz Tadeu Leite, radialista, recém-formado em direito, cheio de ideais e sonhos, era o apressado e articulado relações públicas(6).
No verão de 1975, durante as férias, fui estagiário daquele acalorado escritório de economia e planejamento. Ficava a ler projetos e estudos econômicos da região e de Montes Claros. Vivíamos o milagre econômico e a época das verbas fáceis da Sudene. Mas eu gostava mesmo era da hora do café da tarde, pão quentinho da Padaria Santo Antônio, manteiguinha Alvorada, leite, café, muitas vezes queijo e a prosa animada, salpicada de política e futebol.
Alguns amigos me alertaram da existência, naquele passeio esquerdo, da Farmácia Real, do famoso e agitado Zé Costa(7).
Rememoro, ademais, da Casa Coelho, de fachada azul, especializada em móveis, de Gabriel Cohen, que tinha o Vicente Rocha como gerente.
Viva igualmente na minha memória era a Jóias Palladium, onde uma moça muito bonita, me fazia passar devagar pelo passeio e dar uma olhadela rápida e acanhada, a fim de filar alguma formosura. Ela causava inveja às jóias. Salvador, pai de Hebert Pezão, chegou a trabalhar lá. A loja ficava bem em frente ao Jornal de Montes Claros.
Passeio abaixo estava a padaria Santo Antônio, da família Souto, produtora da gostosura do pão alemão. Lá, comi meu primeiro pudim, depois de uma visita ao Jornal de Montes Claros. Folclórico era a figura de Adão Padeiro na sua charrete ou em sua bicicleta cargueira. Saia pela cidade, de casa em casa, a buzinar e a entregar o famoso pão ainda quentinho. A meninada encolerizava-o ao gritar: - “Viií Adão”.
Grudado à padaria, havia um beco fino de uns 10 ou mais metros, com paredes descascadas, reboco à mostra, dando passagem para um pequeno largo, com piso de brita, onde funcionava uma fabriqueta de carimbos e uma gráfica já meio ultrapassada, que produzia basicamente volantes e panfletos. Creio que lá, antes, ficava o depósito de lenha que alimentava os fornos da panificadora.
Barulhenta era a Loja Americana, de Dizinho Bessa, casado com Anilda, professora de português do Colégio Agrícola(8). Vendia de tudo, vitrolas, radiolas, rádios, discos fogões e geladeiras.
Na esquina, no final do quarteirão, chegando à Padre Augusto, pousava o prédio do Banco de Minas Gerais - BMG. No segundo andar, residia o gerente João Damásio e sua família. Posteriormente, uma nova agência do Banco Real, antigo Banco da Lavoura, instalou-se naquele ponto, com toda a sua trupe(9). De lá, temos causos prá mais de metro, só falta o José Aluízio Pinto por no papel.
Findo o quarteirão, do outro lado da rua, espelhava outro Banco, o Comércio e Indústria, do gerente Armando Costa. Eu conhecia mesmo era a família do sub-gerente, Calixto, casado com Tiana, pais de Estefânia e do encapetado Bardo. Todos, juntamente com o menino Zezinho, habitavam o apartamento localizado no segundo andar.
À noite, a curta escadaria do banco, de uns cinco degraus, se enchia de moleques pré-adolescentes. Ficávamos a jogar conversa fora, a fumar, mascar chicletes, arreliar uns aos outros e a tramar algum mal feito. Os mais velhos da gang eram Nei e Breno Aranha. Este já era dark àquela época. Os mais novos, Rayu Christoff e Bardo, não menos traquinos e imaginativos.
Subindo de volta a rua, o próximo imóvel, onde hoje há um portão de ferro, era a Agência Chevrolet, de Lourenço Santana(10), que residia no apartamento no piso de cima. Ao fundo da revendedora havia uma enorme oficina com saída para a Padre Augusto(11).
Onde atualmente está a Caixa Econômica Federal fora uma área ocupada por uma vila, um cartório e o Jornal de Montes Claros.
Passeio arriba, se estabelecia a vila onde moravam Alberto Laborne Vale, pai de Cléa Márcia, casada com Haroldo Filpi, e Altamiro Guimarães, pai de Alba, casada com Humberto Souza Lima. A família Vale era dona do cartório. Parece-me que lá também funcionou uma antiga copiadora.
Bem, mas o que me vem mais forte à lembrança é “O Jornal Monsclaro di hooooje” que era aconchegado à vila.
O jornal era um pouco recuado e a vila se prolongava. Lembro-me de uma vez que eu, menino, estava com Marão a comprar o jornal quentinho, recém rodado, quando ele mostrou-me o canto de Tuia e mais abaixo a projeção da vila num lusco-fusco cenário da lua cheia fazendo companhia à torre da Catedral. Sem entender sua admiração e demora, perguntei: “O que é, Pai?” Ele disse: “Poesia, meu filho!”
A entrada do jornal não dava para a Dr. Santos, era lateral. Antes havia o escritório de advocacia de Orestes Barbosa(12). Lembro-me dele toldado pela perfumada fumaça do seu cachimbo. Sinto o doce cheiro achocolatado.
A recepção do jornal era uma sala com pintura envelhecida, piso de tacos surrados, uma mesinha, poucas cadeiras, máquina de escrever de teclas gastas. Não me recordo de quadros nem de ninguém especificamente, a não ser do meu sempre sério padrinho Oswaldo Antunes. A redação e a gráfica ficavam do lado oposto. Trago na memória o barulho das máquinas e da montagem dos textos feita com o ajuntamento dos ferrinhos de chumbo organizados em dezenas de caixas quadradas de letrinhas. Ouço o sonoro barulho deles, quando agrupados ou descartados pelo homem que vestia as palavras. O curioso é que ele, Meira, escrevia as frases de trás pra frente.
Ao lado do jornal, num recuado, fora do alpendre, ficava uma casinha de madeira cheia de tralhas, papéis e panos. Tuia morava ali. Segundo André Antunes, filho do dono e meu colega do São José, os funcionários do jornal enchiam as paredes de madeira de fotos de mulheres bonitas em poses sensuais para época – páginas retiradas das revistas Manchete e Cruzeiro. Uma curiosidade e mistério para nós meninos.
Tuia baseava-se ali mesmo no Jornal, mas às vezes andava pela Dr. Santos, lento, curvado, mascando fumo, com uma chupeta de bebê pendurada ao pescoço. Comovia-me a história de que ele era um ex-escravo. Se falasse “Tuia é bonzinho” ele sorria, se dissesse “Tuia é feio” ele levantava a bengala como fosse bater em alguém. Quando pequenos, lá em casa, deixamos de chupar bico devido ao infalível argumento de mamãe: “Tuia pegou seu bico, só você indo lá pedir para ele”. E o medo?
“O Mais Lido” tratava de assuntos basicamente locais e regionais. Lutava veementemente pelo asfaltamento da estrada para BH, pela melhoria da energia elétrica de nossa cidade, pela industrialização da nossa região. Era um jornal atento, severo, combativo em defesa dos interesses de Montes Claros e do norte de Minas. Sob a maestria de Waldir Sena Batista, foi a escola de grandes jornalistas, que obtiveram êxito e respeito nas redações dos grandes jornais brasileiros. Para vocês terem uma idéia, entre 1960 e 1965, o JMC tinha os seguintes “focas aprendizes”: Robson Costa, Berguinho Spíndola, Flávio e Nilo Pinto, Lazinho Pimenta e Paulinho Narciso. Parece um escrete, ou não?
Na grata e finda lembrança, resta a imagem de inocentes meninos a gritarem pelas ruas o eterno “Monsclaro di hooooje.”
Acima do Jornal, do mesmo lado, onde é hoje a My House, havia um sobrado, um pequeno palacete para a época, a casa de Alpheu Gonçalves de Quadros e de Helena Prates(13). Dr. Alpheu, entre eleições e nomeações, foi três vezes escolhido prefeito de nossa terra, em 1942, 1947 e 1955. Depois, foi vice-prefeito de Toninho Rebello entre 1967 a 1970.
No mesmo passeio, subindo, havia a garagem de GG que fazia parte do grande terreno da casa de Fabiano Peres, conhecido por Cica Peres(14). Este imóvel foi subdividido em diversas lojas. Tinha o folclórico e carnavalesco Geraldino Coelho que trouxe a primeira boutique para a cidade. Depois, a Ótica Lessa do magrelo e falante Edmilson e a Loja de Walcy Macedo, pai de Fernando Peito de Aço, que vendia bicicletas.
Mais acima a Andréa Calçados de Ruy Pinto, culto e bom de papo. Leitor diário do Jornal do Brasil e atualizadíssimo com o que ocorria em Montes Claros e no mundo. Ruy faz uma imensa falta, principalmente nos papos do Café Galo.
Finalmente, a casa de esquina na Dom Pedro II, de Juca Froés, casado com Conceição Lima, irmã de Gregória de Seu Dé. Seu Juca é pai de Marina, que casou com Wandaik Wanderley.

Meus amigos, triste é passar pelo centro de Montes Claros e perceber que a nossa Rua Dr. Santos existe apenas nas nossas efêmeras e finadas memórias.

Ao cabo, minha gratidão às assistentes e essenciais memórias de André Antunes, Bartola, Carlão Meira, Haroldo Tourinho, Fabio Marçal, Luiza Magna, José Gonçalves de Oliveira, Nilo Pinto, Robson de Quadros Figueiredo e Tadeu Leite.

(1) Pai de Waldizinho, Fernando, Flaucy, Flávio, Fábio, Gera, Cláudio e Áurea.
(2) Zezinho, Toninho e Dão, meninos, completavam a família.
(3) Pais de Arnaldo, Soninha, Chicão, Aldinha, Geralda e César (Bulei).
(4) Pais de Darlan, Olavo, Aline, Adriano e Robledo, todos residentes na Avenida Francisco Sá.
(5) Casado com Kita Sá, pai da colunista social Márcia Sá e de Fernando Kita.
(6) Os outros dedicados funcionários do NAE eram: Armênio Veloso, Rocha, Jorge Ferreira, Gilson Coimbra, Carlos Alberto Maia e Adão.
(7) Casado com Dona Bernadete, pai de Luiz Fernando Costa, de Jara, Soraia e Kátia.
(8) Pais de Waldir, Patrícia e Margareth Bessa.
(9) Funcionários do Banco Real: Boyzinho, Bichara, José Aluízio Pinto, José Marques Caldeira, José Messias Castro Brito, Odair Dangelis, Dario Avelino Pereira, Alvimar e Cesário Rocha.
(10) Casado com Zelita, pai de Osmane (Binha) e Lamberto Oliveira Santana.
(11) O chefe da oficina era Dida; Pedro Aragão, o gerente da casa de peças e Barlolomeu Lincoln, o popular Bartola, era o office boy.
(12) Casado com Iede e pai de Ruy, Toninho e Maria Helena.
(13) Pais de Sônia e Suzana Quadros.
(14) Casado com Helena Froés, pai de Fabiano, Omar, Sônia, Teresinha de Bento Campos e outros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74987
De: Diniz Data: Seg 1/4/2013 11:55:50
Cidade: Mirabela
Não foi só M. claros que sofreu om novo apagão nesta manhã. Mirabela, Três Marias, Chapada Gaúcha e região do Pentaurea amargaram novo sobressalto
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74986
De: Antonio Atayde Data: Seg 1/4/2013 11:16:42
Cidade: MONTES cLAROS  País: BR
E-mail: tatasociologo@yahoo.com.br
Aqui no bairro N.sra. de Fátima e adjacencias já houve vários picos de energia e pelo menos 04 interrupções de aproximadamente 10 minutoscada. Êta CEMIG (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74985
De: Almeida Prates Data: Seg 1/4/2013 11:14:37
Cidade: Montes Claros
A melhor energia do Brasil apagou. Por isso o serviço de celular está fora do ar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74984
De: Sandra Data: Seg 1/4/2013 11:14:42
Cidade: M. Claros
Já as empresas de telefonia celular correm para suas principais torres de M. Claros, levando geradores, para que os seus serviços - de celular - também não entrem em colapso, na esteira do apagão elétrico. O call center da Cemig, como sempre, nada sabe do que está acontecendo em M. claros. Falta energia elétrica em parte da cidade e da zona rural a mais de uma hora. Se demorar mais,o pequeno comércio e as donas de casa começam a perder o que tem nas geladeiras. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74983
De: Gersier Data: Seg 1/4/2013 11:12:28
Cidade: Montes Claros
E a CEMIG continua aprontando.No Bairro Dr. João Alves falta energia desde as dez horas dessa manhã e nos bairros Sta Rita Um e Dois estão acontecendo vários piques.O serviço de atendimento localizado em BH informando que "desconheciam o problema e que iriam tomar providências".
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74982
De: Marcelo Data: Seg 1/4/2013 10:35:11
Cidade: Montes claros mg
Mais uma vez parte do centro sem energia.
Prejuizo no comercio.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74981
De: Cristovão Data: Seg 1/4/2013 10:11:49
Cidade: M. Claros
Mais um apagão de energia eletrica em M. Claros. Parte da cidade e zona rural estão sem energia já há 20 minutos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 74980
De: Gustavo P. Tolentino Data: Sáb 30/3/2013 22:33:41
Cidade: Montes Claros/MG
Faleceu, no dia 30 de Março de 2013 às 20:30, o médico oftalmologista Dr. Manuel Tolentino Filho, em hospital de Diamantina/MG vítima de acidente de trânsito rodoviário. O velório acontecerá na Santa Casa da cidade de Montes Claros/MG, a partir de domingo. Atenciosamente, familiares.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74979
De: Gustavo Mameluque Data: Sáb 30/3/2013 21:23:59
Cidade: montes claros MG  País: Brasil
E-mail: mameluque@bol.com.br
Acidente automobilístico ocorrido quinta-feira Santa próximo a Capelinha-MG vitimou fatalmente o médico montesclarense Dr. Manoel Tolentino. O passageiro, o Militar reformado e Radioamador W. Louzada encontra-se internado no Hospital Haroldo Tourinho em Montes Claros, mas não corre risco de morte. Uma segunda passageira ainda não identificada apenas sofreu ferimentos leves.Aos familiares do Dr. Manoel Tolentino o nosso profundo pesar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74978
De: Rúbia Data: Sáb 30/3/2013 13:03:49
Cidade: montes claros
Morreu no dia 28/03/2013 na cidade de Francisco Dumont , Sócrates Dumont,ex-prefeito da cidade.O sepultamento aconteceu no dia 29/03/2013.Pessoa respeitada e símbolo da cidade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74977
De: Roberta Data: Sáb 30/3/2013 12:06:04
Cidade: Porto Seguro
Moro em Porto Seguro - BA - desde menina. (...) Vou visitar minha avó em Montes Claros e não consigo dormir incomodado com o barulho, ah dá lincença!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74976
De: Manoel Hygino Data: Sáb 30/3/2013 10:44:03
Cidade: BH
Um crime bárbaro

A sordidez, a hediondez, a crueldade de crimes que se transformam em notícias para a Imprensa, às vezes extrapolando a mídia brasileira, parece constituir um estigma que marca a sociedade deste país nesta hora. Fica o cidadão envergonhado da condição humana, se humano se pode classificar condutas de desrespeito, de agressão e de eliminação do ser racional.
Mata-se no Brasil como se fora guerra. E a onda ganha dimensões nunca pensadas antes talvez, embora os que meditam sobre a hora que vivemos percebemos que este seria o caminho dos que perderam o bom-senso, o sentimento, as lições da família (quando existem), dos professores e dos que professam religiões. No primeiro mês deste ano, foram registrados 241 assassinatos em São Paulo.
O caso do goleiro Bruno é apenas um entre milhares no Brasil.
Nele, houve homicídio qualificado, ou seja, por motivo torpe e com uso de asfixia, sem chance de defesa para a vítima. Cúmplices, vários. O ato final, a execução, ficou a cargo de um ex-policial, que se teria encarregado de espancar a vítima e a estrangulou, decepou-lhe o corpo e atirou os restos a cães. Morte brutal, com pormenores amplamente divulgados pelo país. Em pleno século 21, no país poderoso, do futebol, do samba, do Carnaval, abençoado por Deus. Ainda?
A história não está encerrada. A verdade inteira não foi contada. Falta resposta a detalhes. E como o principal acusado se encontrou cercado de tantas pessoas na adversidade, inclusive por mulheres! Até hoje permanece rendendo juros o dinheiro do esporte? Não teriam encontrado para a vítima outros meios menos cruéis para resolver o problema, tampouco suficientemente esclarecido?
Assassinar pessoas assim, principalmente mulheres, se julgaria algo da Idade Média, para tempos medievais. Os fatos do século XX o demonstram. Em 3 de maio de 1913 – completam-se agora exatamente 100 anos – foi assassinado na sua fazenda de Canoas, o coronel Marciano José Alves, a golpes de facão. Também foram mortos Antônia Josefina Alves, a esposa, e a doméstica, Rita. Consta que, perpetrado o crime, cortaram-se os corpos e atiraram os restos aos porcos.
É uma longa e dolorosa história. O coronel era bisavô de João Vale Maurício, ex-secretário de Saúde de Minas, escritor, médico, da Academia Mineira de Letras. No livro “Emboscada de Bugres”, Milene Antonieta Coutinho Maurício, pedagoga, escritora premiada, esposa de João Vale Maurício, conta sobre o tríplice homicídio das Canoas. Os matadores foram João Cabeceira e outros, que agiram contratados por chefes políticos. Pairou mistério por muitos anos, mas não há crime insolúvel.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74975
De: Hoje em Dia Data: Sáb 30/3/2013 10:30:19
Cidade: BH
Dnit pede R$ 800 milhões para obras de ampliação da BR-251, em Montes Claros - Girleno Alencar - Dione Afonso - Construção de trincheira é prevista neste trecho da BR-251 para reduzir número de acidentes O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) terminou o projeto de ampliação da BR-251. Estão contempladas a construção de trincheiras, viadutos e terceira faixa e ampliação de pontes. O investimento, porém, vai consumir R$ 800 milhões, que não tem previsão orçamentária.
Pela rodovia, que encurta em 300 km a ligação entre o Nordeste e o Sudoeste do país, passam 10 mil caminhões por dia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ocorreram 84 acidentes neste ano, com 99 pessoas feridas e 11 mortes.O coordenador regional do Dnit, Antônio Péricles Lobo, disse que o projeto executivo prevê a construção de uma trincheira na saída de Montes Claros, onde está o trevo do Anel Rodoviário, e de um viaduto no fim da rodovia, quando ela se encontra com a BR- 116, a Rio-Bahia.
Nos pontos críticos, haverá mudança do traçado para acabar com as curvas, como as existentes nas serras de Francisco Sá e de Salinas. Em diversos pontos, haverá terceira pista e reforma nas pontes, pois algumas estão fora dos padrões.
Precariedade
A BR-251 foi construída na década de 80. No trecho de 42 km entre Montes Claros e Francisco Sá, a vida útil acabou. O segundo trecho, de Francisco Sá a Salinas, com 168 km, foi concluído em 1993. Em 1996, o então presidente Fernando Henrique Cardoso inaugurou o último trecho, de Salinas à BR-116, com 110 km de extensão.
No fim de 2011 e início de 2012, a rodovia chegou a seu ponto crítico, com muitos buracos devido às chuvas, provocando interdição de trechos. As entidades de classe do Norte de Minas iniciaram, então, protestos para fechar a rodovia e chamar a atenção do governo. No início do ano passado, foram realizadas melhorias no trecho, quando começou a elaboração do projeto técnico de ampliação.
Em audiência pública realizada no último dia 20, em Francisco Sá, foi definida uma mobilização em Brasília para pedir à presidente Dilma Rousseff a liberação de recursos que permitam o início da obra. A mobilização prevê inserir a BR-251 no Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC).
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74974
De: Estado de Minas Data: Sáb 30/3/2013 09:01:52
Cidade: BH
Menino de 9 anos morre atingido por tiro acidental em Montes de Claros A criança estava arrumando o quarto quando foi atingido atingido na cabeça pelo tiro da espingarda cartucheira do tio, arma que estava em cima do banco. O responsável pela arma está foragido Luiz Ribeiro - O garoto M. D., de 9 anos, foi atingido por um tiro acidental, na localidade de Cabeceiras, no município de Montes Claros (Norte de Minas), no fim da tarde desta sexta-feira. A criança morreu na hora. O acidente aconteceu na casa de um tio da vítima, que está foragido. O caso foi registrado em boletim de ocorrência pela Polícia Militar. A perícia da Polícia Civil também esteve no local.
A criança morava com seus pais em Cabeceiras, distante 12 quilômetros da área urbana, perto do Distrito de Nova Esperança, às margens da BR-135 (entre Montes Claros e Mirabela). Nesta sexta-feira, o menino foi para casa dos seus tios, na mesma localidade.Conforme testemunhas, M. D estaria "arrumando" um quarto da casa quando foi atingido na cabeça pelo tiro da espingarda cartucheira, que estaria em cima de um banco. O tio da criança e proprietário da arma está foragido e não teve o nome divulgado. O corpo do menino será sepultado na tarde deste sábado no Cemitério de Cabeceiras.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74973
De: Fabio Oliveira Data: Sex 29/3/2013 22:32:00
Cidade: Montes Claros
Depois do banho de agua fria que os politicos deram na policia militar as usinas de som retomam suas atividades e boaes sem acustica nao deixam a populaçao no entorno da lagoa dormirem. Deu pra sentir que no triangulo da impunidade o barulho começa a retornar e por tras disso muita bebida e droga. O ministerio publico precisa nos ajudar.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74972
De: Francisca Data: Sex 29/3/2013 21:47:59
Cidade: Mirabela/MG
Mais uma vez faltou, nesta 6a.feira Santa, em Mirabela, "a melhor energia do Brasil", durante cerca de 1h30m, trazendo, como sempre, muitos transtornos para os consumidores.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74970
De: Hermes Data: Sex 29/3/2013 19:07:52
Cidade: Moc/mG
(...) aproveitaram o silêncio da sexta feira da paixão para destruir mais um capítulo da estória de Montes Claros e da memória de seu povo: uma carregadeira ronca alto destruindo a casa do Dr. Fábio Ribeiro, na esquina da Rua Camilo Prates com Rua Dom Pedro II...isso mesmo...provavelmente para mais um espigão...tá na moda né? Tá difícil ser montesclarense, tá doendo...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74969
De: Yvonne Silveira Data: Sex 29/3/2013 10:36:41
Cidade: M. Claros
Nasceste “...das manhãs gloriosas das bandeiras”, Montes Claros, pela determinação do bandeirante Antônio Gonçalves Figueira que, depois de ter abandonado a célebre bandeira do “Caçador de Esmeraldas” Fernão Dias e retornado a São Paulo, deduziu que no seu solo encontraria riquezas, com trabalho e pioneirismo. E ei-lo de volta, caçando índios, construindo fazendas, até obter a sesmaria de uma légua de largura por três de comprimento, que foi tua semente: a fazenda Montes Claros, na passagem das formigas de cima. Ergueu a rústica capela, plantou o cruzeiro, construiu casas. Era a sede. Desenvolveu a pecuária e abriu estradas para o transporte do gado: Rio São Francisco, Rio das Velhas, Bahia, Pitangui, Serro. Foi-se povoando o teu solo, transformando-se no maior centro comercial de gado, tua riqueza.
Envelhecido, retorna o teu fundador para São Paulo.
Deixa o filho que, sem a potencialidade do pai, vende-te para o Alferes José Lopes de Carvalho. Começas nova vida, na passagem das formigas de baixo, onde, na histórica Praça da Matriz, foi erguida a nova capela e construíram-se casas e casas. Forasteiros chegando, bem-vindos, para ajudarem-te.
Fazenda Montes Claros, Arraial das Formigas. Arraial de Nossa Senhora da Conceição e São José das Formigas, Vila de Montes Claros de Formigas e, finalmente, eis o nome definitivo – Montes Claros, a importante e grandiosa cidade do Norte de Minas.
Enquanto o tempo passava, construíras riquezas, casas, sobrados, capelas, a Igreja Matriz, substituindo a primeira capela, instituições e escolas de curso primário, mas ensinando até latim. Teus filhos e os que chegavam promoviam o teu crescimento com o trabalho e interesse de conhecimento.
Chegou a Escola Normal em 1880, após 173 anos da sesmaria. Homens ilustres lá estudaram, lecionaram. Surgiram grêmios literários, poetas e prosadores, que se apresentavam nos jornaizinhos, Iniciava-se o crescimento cultural.
Surge a imprensa, esta força poderosa da palavra, com o Dr. Antônio Augusto Velloso, depois desembargador. E o Correio do Norte é pioneiro para combater, divulgar, orientar e doar prazer estético com os poemas dos teus poetas que surgiram. Início do teu crescimento cultural, que hoje se manifesta com os nomes representativos nas artes plásticas, literárias e musical. Por todo o Brasil e exterior.
Estão longe, no passado, os teus pioneiros, semeadores de idéias, plantadores de economia e comércio, faróis a iluminar o teu nascimento, porém, quantos, depois e hoje, consolidaram o teu progresso.
Escolas, colégios, ginásios, faculdades, diversificando o conhecimento, a importante Universidade Estadual estendendo o saber e a cultura por vários espaços, o Conservatório de Música, despertando talentos, os clubes rotarianos, sociais, a Academia Montesclarense de Letras, o Elos Clube, Sociedade Rural, Associação Comercial e tantos outros, satisfazendo anseios, crescimento intelectual e cultural, prazer, convivência, caridade. E cresces, também, na fé, pois à sombra do cruzeiro nascente, desde os primórdios de tua vida, surgiram igrejas, capelas, até a bela Catedral de Nossa Senhora Aparecida. De paróquia chegas a bispado, arquidiocese e a fé vem preservando tua caminhada, não obstante o materialismo atual, com corrupção e miséria. Sacerdotes, bispos e arcebispos oram por ti. As mudanças do modo de pensar, de nova filosofia, de ciência instigadora são atitudes universais.
És, hoje, Montes Claros, cidade pólo da região, pela economia, comércio, indústrias e cultura.
Dos trilhos ligando arraiais e povoados surgiram estradas, o trem de ferro, depois o asfalto, os transportes à gasolina e os aviões.
Políticos, escritores, poetas, jornalistas, articulistas, cronistas, empresários, industriais, comerciantes, legiões, no arco do tempo, deram-te nome, engradeceram-te.
Salve pelos teus 152 anos!
Salve, terra de cantores seresteiros!
Salve, terra de tradições populares.
Salve, minha amada Montes Claros!
Cidade: Montes Claros/MG
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74968
De: Oscar Data: Sex 29/3/2013 09:21:00
Cidade: Salvador, Bahia
Vejam a noticia hoje aqui em Salvador: "O governador Jaques Wagner sancionou a Lei 12.803, que proíbe que passageiros de transportes intermunicipais (rodoviário, hidroviário, aquaviário e ferroviário) usem aparelhos sonoros para escutar música ou similares na opção alto-falante. A lei, que foi proposta através de um projeto da Assembleia Legislativa, foi publicada nesta quinta-feira (28) no Diário Oficial do Estado.A lei especifica que o uso dos aparelhos no modo alto-falante está proibido em ônibus, micro-ônibus, vans, auto-lotações, ferry boats, catamarãs, lanchas, barcas, metrôs, trens e semelhantes. É permitido o uso dos aparelhos sonoros, de qualquer natureza, seja mp3, celular, tablet ou outros, desde que o usuário esteja com fones de ouvido"

Enquanto a barulhenta Bahia, que vive de festas e preguiça, enfim toma providências contra o barulho evitável, em M. Claros, políticos alienados e descompromissados juntam-se a transgressores das leis e (...) para tentar modificar uma excelente lei ambiental do prefeito Athos Avelino, em vigor desde 2007. Na contra-mao do resguardo da saúde, querem mais barulho em troca de dinheiro e da saúde e do descanso de todos. Li na internet que entre esses político ha (...) que protege sua família, instalando-a em condomínio onde baderna e barulho não entram, mas para o lado de fora defende a volta do barulho que vitima a população indefesa e encurralada por estabelecimentos que não tem proteção acústica. (..). que vergonha senhores políticos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74967
De: Vânia Data: Sex 29/3/2013 08:56:41
Cidade: M. Claros
:Peço a Polícia Militar que dê mais atenção ao Cemitério Bomfim, pois os jovens (de classe média alta) estão por lá em número de uns 8 fazendo uso desordenado de drogas e amedrontando os visitantes do cemitério . Eles ficam em cima dos túmulos em um estado de êxtase que nem tem condições de avaliarem os seus atos, deitam nos túmulos, no chão, fazem cruzes de cigarros de maconha etc. Os dias e horários preferidos por eles são: aos sábados, domingos e feriados após as 16:00 horas, e o local preferido por eles é no fundo do lado direito da entrada principal do CEMITÉRIO BOMFIM. Fica aí o meu clamor e minha bronca.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74966
De: Ricardo Data: Qui 28/3/2013 17:41:01
Cidade: montes claros
Tentativa de homicidio agora a pouco em academia na rua Conego Chaves
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74965
De: Mateus Data: Qui 28/3/2013 22:38:39
Cidade: M. Claros
Choveu forte em M. Claros por volta das 18 horas. Melhor dizendo: choveu forte em partes de M. Claros, com raios, trovões, e o cenho do tempo carregado, carrancudo. E a previsão de amanhã promete.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74964
De: Prefeitura Data: Qui 28/3/2013 11:03:37
Cidade: Montes Claros/MG
(...) A Prefeitura de Montes Claros acaba de lançar o edital de pregão presencial (...) para a aquisição de oito caminhões compactadores para serem utilizados (...) na coleta de lixo no município.O pregão presencial será realizado, em 12 de abril, às 9 horas, na sala de reuniões nº 1. (...) A empresa vencedorá, então, terá um prazo de até 30dias, após o recebimento da ordem de compra, para a entrega dos veículos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74963
De: José Prates Data: Qui 28/3/2013 17:13:47
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
A crônica de Augusto Vieira veio nos trazer alegria, a mim e a Afra por falar de Suzana Prates. Foi um tempo gostoso passado em nossa aldeia, trabalhando no jornal, no predio vizinho ao de Suzana. "Gente boa" como dizemos hoje. "Moderna" que não dava bola pros preconceitos socais que tolhiam a liberdade da mulher. Sonia, a irmã mais nova, era diferente. Ainda criança,muito achegada a Erotildes, não mostrava disposição para sair do sistema que, naquele tempo, a sociedade impunha à mulher. Não "puxou", como Suzana, o temperamento da mãe Helena, que veio dos Prates. Foi mais o lado do pai. Obrigado amigo Augusto por nos trazer a boa notícia. JPRATES
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74962
De: Engenheiro Segurança Data: Qui 28/3/2013 12:57:16
Cidade: Montes Claros
Depois de tanto diz-me-diz na questão da poluição sonora, gostaria de esclarecer que não existe norma que define que a medição de ruído deve ser na casa do reclamante. Muito ao conterário. Segundo a Lei Esatadul nº 10.100 de 17/01/1990, que estabelece normas para proteção contra a poluição sonora, a medição deve ser realizada à distância de 1,20 m do limite do estabelecimento causador do ruído. Ou seja, mesmo que a lei municipal seja revogada casuisticamente pelos vereadores atuais, a Polícia Militar deve obedecer a Lei Estadual, que prevalece sobre a Municipal. Veja a lei na íntegra:

Lei nº 10.100, de 17 de janeiro de 1990.
Dá nova redação ao artigo 2º da Lei nº 7.302, de 21 de julho de 1978, que dispõe sobre a proteção contra a poluição sonora no Estado de Minas Gerais.[1](Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 18/01/1990)O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes, decretou e eu, em seu nome, sanciono a seguinte Lei:Art. 1º - O artigo 2º da Lei nº 7.302, de 21 de julho de 1978, passa a vigorar com a seguinte redação:
"Art. 2º - Para os efeitos desta Lei, consideram-se prejudiciais à saúde, à segurança ou ao sossego públicos quaisquer ruídos que:
I - atinjam, no ambiente exterior do recinto em que têm origem, nível de som superior a 10 (dez) decibéis - dB(A) acima do ruído de fundo existente no local, sem tráfego;
II - independentemente do ruído de fundo, atinjam, no ambiente exterior do recinto em que têm origem, nível sonoro superior a 70 (setenta) decibéis - dB(A), durante o dia, e 60 (sessenta) decibéis - dB(A), durante a noite, explicitado o horário noturno como aquele compreendido entre as 22 (vinte e duas) horas e as 6 (seis) horas, se outro não estiver estabelecido na legislação municipal pertinente.
§ 1º - Para os efeitos desta Lei, as medições deverão ser efetuadas com aparelho medidor de nível de som que atenda às recomendações da EB 386/74, da ABNT, ou das que lhe sucederem.
§ 2º - Para a medição e avaliação dos níveis de ruído previstos nesta Lei, deverão ser obedecidas as orientações contidas na NBR-7731, da ABNT, ou nas que lhe sucederem.
§ 3º - Todos os níveis de som são referidos à curva de Ponderação (A) dos aparelhos medidores.
§ 4º - Para a medição dos níveis de som considerados nesta Lei, o aparelho medidor de nível de som conectado à resposta lenta deverá estar com o microfone afastado, no mínimo, 1,50 m (um metro e cinquenta centímetros) da divisa do imóvel que contém a fonte de ruído e à altura de 1,20m (um metro e vinte centímetros) do solo.
§ 5º - O microfone do aparelho medidor de nível de som deverá estar sempre afastado, no mínimo, 1,20 m (um metro e vinte centímetros) de quaisquer obstáculos, bem como guarnecido com tela de vento."
Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.
Dada no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, aos 17 de janeiro de 1990



Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74961
De: Carlos Alberto Data: Qui 28/3/2013 11:02:30
Cidade: Belo Horizonte
Sempre que posso acompanho de BH, as notícias de minha terra neste importante portal, e sempre há reclamações do mau cheiro atribuido a uma estação de tratamento de esgoto e também reclamação sobre barulho à noite. Alguns falam que a minha cidade é "sem lei". Recentemente o barulho está sendo combatido pela nossa valorosa PM, que está de parabéns, esta sim ouviu o clamor público, e quem vai autuar e fechar a tal ETE? ou ela está acima da lei, como pensavam os barulhentos? O que é o mau cheiro? Gas? Bactérias? Prod. Químico? Como afeta a vida dos moradores que reclamam neste portal? Quem vai defender nossa querida Montes Claros?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74960
De: Augusto Vieira Data: Qui 28/3/2013 11:05:57
Cidade: Belo Horizonte/MG
Uma mulher revolucionária - Ela viveu e ainda vive, para minha alegria e de inúmeros amigos e admiradores, intensamente, sua liberdade, sem jamais prejudicar alguém. E por se saber tão livre é que é dotada de um dos mais incríveis sensos de responsabilidade, para com tudo que já fez e faz, e de um profundo respeito pela dignidade das pessoas com quem convive. Acho que herdou isso do berço. (Clique aqui para ler toda a mensagem na seção Colunistas)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74958
De: Nando Data: Qui 28/3/2013 00:45:42
Cidade: Montes Claros-MG
Novo apagão em Montes Claros/Jardim Palmeiras, de aproximadamente 3 minutos.Estão ficando cada vez mais frequentes e preocupantes, pois, na tranquilidade da noite que alguns estudantes, assim como eu, estão realizando trabalhos, pesquisando, estudando etc. a energia nos deixa na mão..."CEMIG - A `melhor` energia do Brasil"....
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74957
De: Bruno Braga Data: Qui 28/3/2013 00:35:29
Cidade: Montes Claros
E-mail: brunocesarbraga@yahoo.com.br
Outro apagão rápido na região do Cintra.É o segundo nessa semana e o terceiro nos últimos quinze dias. Quando meus aparelhos queimarem a Cemig vai pagar por todos?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74956
De: luciano lopes Data: Qui 28/3/2013 00:29:01
Cidade: MONTES CLAROS  País: brasil
de novo a luz aqui no meu bairro vilage 2 foi embora, já está virando é brincadeira só este ano foi embora várias vezes.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74955
De: Maria Emília Data: Qua 27/3/2013 23:19:50
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: emilia_spinola@yahoo.com.br
Neste momento, um cheiro horrível infesta o nosso Bairro São Jose, provavelmente proveniente da ETE da copasa. Com frequência ocorre por volta das 23 horas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74954
De: Carlos Data: Qua 27/3/2013 22:57:25
Cidade: Montes Claros
Aqui no bairro Edgar Pereira estamos sendo sufocados por um fedor terrível de esgoto todos os dias e se torna mais intenso à noite. Alguém mais sentiu? Pedimos providências às autoridades municipais!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74953
De: Ewerton Data: Qua 27/3/2013 17:27:36
Cidade: Brasilia DF
Li agora aqui em Brasilia a seguinte definição do escritor inglês George Orwell: “A linguagem política destina-se a fazer com que a mentira soe como verdade, e o crime se torne respeitável, bem como a imprimir ao vento uma aparência de solidez.” A frase, profética, do célebre escritor do mais que mundialmente também celebre livro "1984" cai como uma luva para tentar explicar o esforço inexplicável dos políticos que pretendem aviltar, implodir a lei municipal, em vigor desde 2007, que resguarda a saúde dos montesclarenses, reduzindo e limitando os ruídos não absolutamente necessários ou inevitáveis. (...) Meditem a frase do pensador com o que está acontecendo aí tão perto de vocês, protagonizado por políticos altamente equivocados, no mínimo. Um dia ainda seremos liderados por pessoas efetivamente bem intencionadas e corretas. Este dia chegará, creiamos em Deus.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 74952
De: Prefeitura Data: Qua 27/3/2013 14:16:58
Cidade: Montes Claros/MG
Legislação contra poluição sonora é debatida em Montes Claros - A Comissão Permanente de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) se reuniu, nesta terça-feira, 26, no plenário da Câmara de Vereadores de Montes Claros, com o intuito de debater a Lei do Silêncio e a ação da Polícia de Meio Ambiente no que se refere aos movimentos sociais e culturais. Para o deputado estadual Elismar Prado, que é o presidente da Comissão Permanente de Cultura da ALMG, é necessário encontrar um meio termo que atenda tanto os proprietários de casas noturnas, e similares, como os moradores das imediações dos estabelecimentos.“Quem denuncia tem seus motivos, com certeza”, afirmou o deputado que revelou ter formação em viola caipira e violão clássico, mas que, na juventude, atuou como guitarrista em uma banda de heavy metal. O empresário, e vice-presidente do Sindicato dos Hoteis, Restaurantes, Bares e Similares de Montes Claros, Silvano Tolentino criticou o que chamou de “exagero” praticado pela Polícia Militar em Montes Claros. O empresário entende que o órgão “não deve agir sem ser provocado”, o que equivale a dizer que apenas em caso de denúncia a PM deveria entrar em ação. O major Paulo Veloso da 11ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito, por sua vez, explicou que a corporação age segundo os artigos nº 144 da Constituição Federal e nº 142 da Constituição Estadual que tratam da manutenção da ordem pública. “Em um ano, recebemos 1.457 solicitações de perturbação do sossego e menos de um terço terminou em boletim de ocorrência ou prisão”, argumentou que os policiais militares procuram sempre intermediar o dialogo entre as partes. O prefeito Ruy Muniz declarou que a Polícia Militar de Minas Gerais é um exemplo para o Brasil e que a poluição sonora, seja ela proveniente de carros particulares ou casas de espetáculos, é um problema antigo na cidade. Muniz entende que a legislação municipal é avançada se comparada a municípios como Belo Horizonte, São Paulo ou Porto Alegre, mas que ainda pode evoluir mais. “As pessoas de bem se ajustam. Tem que ser assim”, resumiu sua opinião. O prefeito ainda citou um relatório da Organização Mundial de Saúde que aponta que, por ano, 210 mil pessoas falecem em decorrência de infartos devido aos efeitos da poluição sonora.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

21/10/14 - 17h
País tem 14.624 trabalhadores com contrato suspenso entre janeiro e setembro deste ano

21/10/14 - 16h02
Atlético enfrenta o Bahia hoje às 21h50, e meta é pontuar fora para consolidar boa campanha no Brasileirão. A 98 FM vai transmitir o jogo

21/10/14 - 15h
Prévia da inflação acelera para 0,48% em outubro e se mantém acima do teto da meta

21/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Copasa apela para água de mineradora contra seca” - “Lucro de empresas deve cair 10% no 3º trimestre”

21/10/14 - 13h
Brasil tem 2 aeroportos entre os piores - Guarulhos, em S. Paulo, e Galeão, no Rio. Caracas, na América Latina, e o de Cingapura ocupam os extremos

21/10/14 - 12h
Homem paralisado volta a andar, após transplante de células do nariz para a medula espinhal

21/10/14 - 11h
Irmão assassinado de vereador é enterrado em M. Claros. Ele levou tiro na briga entre pai e filho

21/10/14 - 10h
Secretaria de Saúde investiga outros 10 casos de chikungunya em Minas – um deles em M.Claros

21/10/14 - 9h15
Convocação para a seleção sub-21 do Brasil desfalca e complica o Atlético

21/10/14 - 8h55
"Olho pela janela - os montes claros encobertos pela chuva mansa. E a sinfonia de sempre nos pingos de chuva. O Natal parece que chegou. Glória a Deus nas alturas"

21/10/14 - 8h
OAB do Distrito Federal volta atrás e concede carteira de advogado ao ex-presidente do Supremo, Joaquim Barbosa

21/10/14 - 7h
Montes Claros amanhece com tempo nublado, chuva fina e fortes ventos. Há 90% de chances de chover 16 milímetros, hoje


20/10/14 - 18h
Galo deve pedir dispensa de Tardelli da seleção por causa dos jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil

20/10/14 - 17h07
Bem mais magro, padre Marcelo confirma que teve depressão: "Fiquei muito mal"

20/10/14 - 16h
Dirigente reafirma confiança no Cruzeiro e convoca torcida para jogo contra o Palmeiras

20/10/14 - 15h
Instituto Federal abre seleção para preencher 296 vagas remanescentes em cursos superiores do Campus Januária

20/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “De olho nas chuvas, Defesa Civil busca apoio da população” - “Maioria sofre falta d´água em São Paulo e já planeja estocar”

20/10/14 - 13h
Secretaria da Saúde confirma segundo caso de doença “prima da dengue” em Minas

20/10/14 - 12h
Padre Marcelo comenta investigação que sofreu do Vaticano: “se houve fiscalização, houve também o reconhecimento”

20/10/14 - 11h
A 9 pontos do líder Cruzeiro, Atlético acredita e prega humildade para chegar ao título do Brasileirão

20/10/14 - 10h10
M. Claros teve temperatura de 39 graus, às 18h de ontem. Pela previsão, há 60% de chances de chover 5 milímetros ainda hoje, 16mm amanhã, 13mm quarta e 2, quinta. Calor vai seguir e há risco de tempestades

20/10/14 - 9h
Violência faz o Brasil superar o México, na maior frota de carros blindados do mundo

20/10/14 - 8h
Cometa passou por Marte viajando a 203 mil quilômetros por hora

20/10/14 - 7h
Indústria e comércio devem contratar 163,6 mil trabalhadores temporários, no fim de ano


19/10/14 - 15h41
Homem é executado na porta de casa, na presença da mulher, por assaltante de chinelos e capacete. Jornal de BH descreve


18/10/14 - 18h
Atlético recebe, hoje às 21h, a Chapecoense. Cruzeiro busca, amanhã às 18h30, a reabilitação contra o Vitória. (A 98 FM vai transmitir os jogos)

18/10/14 - 17h
Cometa (sólido como um monte de talco) passará perto de Marte, amanhã - fenômeno que acontece a cada milhão de anos

18/10/14 - 16h
Brasileirão entra na 29ª rodada, hoje, com 4 jogos; amanhã, serão 6

18/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Idosos cada vez mais endividados” - “13º dos aposentados começa a ser pago em 24 de novembro” - “São Paulo tem calor recorde, e Sabesp prevê falta de água”

18/10/14 - 14h30
2ª parcela do 13º dos aposentados começará a ser paga dia 24 de novembro

18/10/14 - 14h
Semifinais da Copa do Brasil revivem rivalidades do passado

18/10/14 - 13h14
Prêmio de 40 milhões da Mega-Sena, que será sorteado hoje, dá para comprar 57 limousines ou 13 helicópteros

18/10/14 - 12h24
"Seu corpo teria sido trasladado a Edessa, antiga cidade da Mesopotâmia, hoje denominada Orfa, onde São João Crisóstomo indicou seu túmulo, assim como quatro outras sepulturas apostólicas"

18/10/14 - 12h
Chuva de 9mm some da previsão para M. Claros (depois, volta com 6). Calor deve seguir na semana que vem

18/10/14 - 11h
Não se esqueça - horário de verão começará neste sábado, à meia-noite - e até o dia 22 de fevereiro

18/10/14 - 10h
OMS reconhece muitas falhas no combate ao ebola, e até por burocracia

18/10/14 - 9h
Montadoras adiam retorno ao trabalho para adequar produção à redução nas vendas

18/10/14 - 8h
Impasse pode deixar 100 milhões de pessoas sem serviço de celular no país

18/10/14 - 7h
Supremo proíbe juízes de elevar salário de servidor público


17/10/14 - 18h
Jogadores de Serra Leoa sofrem preconceito por causa do ebola

17/10/14 - 17h16
Fim de semana terá uma hora a menos com a entrada em vigor do horário de verão, à meia-noite de sábado

17/10/14 - 16h
Ebola já matou 4.493 pessoas em 7 países; dos 427 profissionais de saúde contaminados, 236 morreram

17/10/14 - 15h
Apostador perde bilhete da Mega-sena e recorre ao Judiciário para provar que ganhou 16 milhões de reais

17/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Troca de aposentadoria será julgada até o fim deste mês” – ”Aécio reage a ataques e Dilma passa mal no fim”

17/10/14 - 13h
Meteorologia transfere para 2ª-feira o auge do calor esperado em Montes Claros, com temperatura de 39 graus

17/10/14 - 12h
Instituto Nacional do Câncer revela que, de cada 300 pacientes com câncer de mama, um é homem. Veja quais são os sintomas

17/10/14 - 11h
Jornal paulista diz que General Motors pretende demitir até 500 trabalhadores

17/10/14 - 10h
Vaticano altera tradução de documento e reduz abertura da Igreja aos homossexuais

17/10/14 - 9h14
"(...) encontrei um rapaz (...) que diz ser de Montes Claros e que quer voltar e ficar com a família, ele é andarilho e está dormindo debaixo da ponte, apenas em cima de um papelão sujo, etc..."

17/10/14 - 9h
Filho do vice-presidente dos EUA, expulso da Marinha por uso de cocaína, diz estar “profundamente arrependido e envergonhado”

17/10/14 - 8h
Tribunal reduz pena de médico que estuprava pacientes de 278 anos para 181, mas ele só ficará preso 30

17/10/14 - 7h
Pontos críticos das estradas mineiras mais que dobram em um ano, aponta pesquisa da CNT


16/10/14 - 18h
Companhias liberam uso de celular dentro de aviões. Medida começa pelo Equador

16/10/14 - 17h
Após 3 derrotas seguidas, Willian pede atenção nos próximos jogos do Cruzeiro

16/10/14 - 16h
Acusada de matar 38 pacientes, enfermeira pode ter vindo ao Brasil. (Há fotos dela com camisas do Flamengo e da seleção)

16/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Água em São Paulo pode acabar em novembro, admite Sabesp” - “Onda de incêndios causa primeiras mortes em Minas” - “Petróleo em queda ameaça investimentos da Petrobras”

16/10/14 - 14h
Economia brasileira desacelera e avança somente 0,04% no ano - segundo índice do Banco Central

16/10/14 - 13h47
Prefeitura: "A receita operacional da Copasa é em torno de R$ 100 milhões ano. Deste montante, R$ 25 milhões são destinados às despesas com funcionários e manutenção da estrutura e prestação de serviços. R$ 30 milhões são destinados ao custeio da diretoria da empresa em Belo Horizonte e há uma sobra de R$ 45 milhões"

16/10/14 - 13h
Unidade de Saúde no Paraná é interditada após árabe, vindo de Serra Leoa, apresentar sintomas de ebola. Secretaria nega

16/10/14 - 12h
Michael Jackson é a celebridade morta que mais lucra no mundo

16/10/14 - 11h
Meteorologistas dizem que auge da bolha de calor vai ser na tarde deste domingo. Alguma chuva deve chegar no dia 21, terça-feira

16/10/14 - 10h
Brasil já tem 337 casos da febre chikungunya, doença mais dolorosa do que a dengue

16/10/14 - 9h32
"...gozava de alto conceito na corte, não fez curso superior, era destemido, teve 78 filhos, a maior parte deles com escravas. Era homem bondoso, constando que não castigava os escravos. Pediu até que fosse sepultado no mesmo cemitério deles"

16/10/14 - 9h
Geração de emprego formal tem o pior mês de setembro em 13 anos, pelos números oficiais

16/10/14 - 8h
Menino de 6 anos leva tiro no rosto, no Beco do Beija-Flor. Menores testavam armas

16/10/14 - 7h
Atlético festeja goleada histórica sobre Corinthians e classificação para semifinal da Copa do Brasil


15/10/14 - 19h25
"Segue anexo posicionamento oficial da Copasa com relação à prestação de serviços em Montes Claros. (...) Tal situação leva a crer que o município tem a intenção de retomar a concessão da Copasa de forma truculenta, arbitrária e unilateral"

15/10/14 - 18h
Cruzeiro jogará com mudanças, hoje, contra o ABC pela Copa do Brasil

15/10/14 - 17h
Mega-Sena pode pagar prêmio de 18,5 milhões hoje à noite

15/10/14 - 16h
Cientistas descobrem que câncer de pulmão pode se esconder por 20 anos

15/10/14 - 15h02
Atlético aposta em histórico de viradas para eliminar o Corinthians na Copa do Brasil

15/10/14 - 14h41
Agora em M. Claros - calor de 37 graus, horizonte enfumaçado e umidade do ar entrando novamente no estado de emergência climática - 12%

15/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Queda do petróleo põe fim à defasagem da gasolina” - “Consumo dos idosos movimenta economia” - “Falta de água atinge até os caminhões-pipa”

15/10/14 - 13h
Substância presente na maconha é eficaz contra o Parkinson, indica estudo

15/10/14 - 12h
Forte calor em M. Claros até terça-feira, quando a meteorologia acredita que pode começar a chover

15/10/14 - 11h
Com início à meia-noite do próximo sábado, horário de verão terá uma semana a mais e menor economia de energia

15/10/14 - 10h
Organização Mundial de Saúde alerta que 10 mil novos casos de ebola podem surgir por semana

15/10/14 - 9h
Relatório mostra que riqueza global avança para 263 trilhões de dólares e desigualdade aumenta

15/10/14 - 8h
Preço internacional do petróleo cai para o menor patamar em 4 anos. Reajuste talvez não seja mais necessário – aponta jornal paulista

15/10/14 - 7h
EUA têm o 2º caso de ebola transmitido dentro do país. Enfermeiro também foi infectado ao tratar do liberiano que morreu



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização